Bem-vindo à Editora UNIFESP, a editora da Universidade Federal de São Paulo

Facebook - Livraria UnifespFacebook - Livraria Unifesp Twitter - Livraria UnifespTwitter - Livraria Unifesp Instagram - Livraria UnifespInstagram - Livraria Unifesp

+55 11 5576-4848+55 (11) 5576-4848 ramal 8393
contato@editoraunifesp.com
Livraria Unifesp
O que você está procurando?
Livraria Unifesp
Livraria Unifesp

MEMÓRIAS DO CUIDAR

SETENTA ANOS DA ESCOLA PAULISTA DE ENFERMAGEM
MARCIA BARBIERI / JAIME RODRIGUES (Orgs.)
R$ 26,00
Descrição

Memórias do Cuidar é a história do curso de Enfermagem da atual Universidade Federal de São Paulo, criado em 1939. Desde a sua fundação, o “cuidar” constitui objetivo precípuo das(os) enfermeiras(os) diplomadas(os). O ato de cuidar sempre manteve entre suas referências essenciais a ideia de que o bem-estar do outro, o que se vale dos serviços de enfermagem, precisa ser atingido. Os meios para isso se alteraram ao longo do tempo: do primado dos preceitos religiosos nas origens, chegamos aos procedimentos científicos da atualidade.

No primeiro capítulo, discutimos as negociações em torno da criação da eehsp, em 1939. Em seguida, ensaiamos a biografia de uma das fundadoras – madre Marie Domineuc – e analisamos o funcionamento do curso até sua incorporação à epm como Departamento de Enfermagem, em 1977. O capítulo 2 visita o mesmo período, mas concentra-se nas reformas curriculares da graduação, subdividida em decênios. No capítulo 3, o tema é a delicada relação com a epm e sua importância para a história da eehsp/epe/Departamento de Enfermagem – os três nomes que a Escola teve ao longo de sua trajetória. A política interna, as necessidades de expansão e autonomia, nem sempre bem compreendidas, e a (in)subordinação profissional são apenas alguns dos assuntos abordados com mais rigor no texto. A pós-graduação é o tema do capítulo 4 – marco não apenas acadêmico, mas também político e legal. O capítulo 5 avalia o impacto social do curso de Enfermagem. O texto cobre um período extenso e analisa o esforço dos profissionais que criaram e desenvolveram serviços como o hsp, o Amparo Maternal, a Comunidade Infantil (atual Escola Paulistinha de Educação) e diversos outros projetos de assistência à infância e à família, em especial às mães. No capítulo 6, discutimos a imagem das(os) enfermeiras(os) na sociedade, as razões do predomínio feminino nesse campo profissional, as possíveis mudanças oriundas de uma presença masculina mais numerosa e o modo como essas questões aparecem na trajetória do curso de Enfermagem. Por fim, o capítulo 7 é uma cronologia dos principais eventos dessa história. Os autores deste livro estão ligados de diferentes formas à enfermagem e quase todos são, ao mesmo tempo, sujeito e objeto do estudo.

Ficha Técnica
Assunto: Memória Institucional
Ano: 2010
Acabamento: Brochura
Páginas: 280
Edição: 1ª
ISBN: 9788561673013
Peso: 0.450 Kg
Formato: 16x23
Compartilhar Compartilhar Facebook - Livraria Unifesp

VEJA TAMBÉM

Voltar

Sugestões? Dúvidas? Perguntas? Críticas?

Entre em contato conosco.

A Editora UNIFESP

mais perto de você

Entre em contato

Digite este código no campo ao lado